quinta-feira, 29 de junho de 2017

Coleção de Objetos Nazistas é encontrada em quarto secreto na Argentina.

29 junho/2017

COLEÇÃO DE OBJETOS NAZISTAS É ENCONTRADA EM QUARTO SECRETO NA ARGENTINA



Objetos guardados em um quarto escondido atrás de uma porta oculta numa parede falsa. Parece roteiro de cinema, mas foi o que aconteceu na Argentina. Foi encontrada em Beccar, subúrbio localizado ao norte de Buenos Aires, a maior coleção de pertences da Alemanha nazista já registrada até hoje. Ao todo, são 75 peças em meio a outras antiguidades, como vasos orientais, animais mumificados do Egito e objetos paleontológicos.

Segundo o governo argentino, os objetos são autênticos e possivelmente pertenceram a líderes do regime de Hitler. Na coleção, foram encontradas relíquias como um busto nazista, uma escultura de uma águia com suástica, brinquedos de doutrinação e uma lupa que acredita-se pertencer ao próprio Hitler.

As primeiras investigações levam a crer que as antiguidades nazistas chegaram na argentina após a Segunda Guerra Mundial, período em que o país se tornou um refúgio para criminosos de guerra.

De acordo com o jornal La Nación, os objetos foram localizados durante a Operação Oriente Médio, iniciada no ano passado com o intuito de apurar contrabando de obras de arte. O colecionador ainda não foi encontrado pela polícia e está em liberdade, mas sob investigação das autoridades federais.
Dentre os principais achados que comprovam a autenticidade da coleção, encontra-se o negativo de uma fotografia de Adolf Hitler segurando uma lupa idêntica a uma das peças localizadas no quarto.
“Não há antecedentes de um achado assim. Sempre foram sequestradas peças ou imitações. Mas isto é original”, reforçou o Chefe da Polícia Federal Argentina, Nestor Roncaglia.
Após o término das investigações, o objetivo das autoridades envolvidas no caso é enviar a coleção nazista para o Museu do Holocausto de Buenos Aires.

fonte: http://www.traduzca.com/colecao-de-objetos-nazistas-e-encontrada-em-quarto-secreto-na-argentina/

Nenhum comentário:

Postar um comentário