sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Cientistas acham provas de inundação que teria iniciado civilização chinesa.


Em Washington
Xinhua

  • Imagem divulgada por Quinglong Wu, da Universidade Normal Nanjing, mostra o vale no noroeste da China onde teria ocorrido uma inundação que deu origem à dinastia Xia
    Imagem divulgada por Quinglong Wu, da Universidade Normal Nanjing, mostra o vale no noroeste da China onde teria ocorrido uma inundação que deu origem à dinastia Xia
Um grupo de cientistas encontrou provas de uma grande inundação ocorrida há 4.000 anos no vale do rio Amarelo dariam veracidade ao mito de fundação da primeira dinastia chinesa, a Xia, segundo um estudo divulgado pela revista "Science".
Até o momento, outras pesquisas já tinham documentado a segunda e a terceira dinastia chinesa, Shang e Zhou, respectivamente, mas a Xia ainda estava sendo objeto de lenda até o ponto que se colocava em dúvida que realmente tivesse existido.
De acordo com essa lenda de fundação, o criador da dinastia Xia, o imperador Yu, teria drenado as águas inundadas habilitando assim as terras para a agricultura e dando início à civilização chinesa.
Um estudo da Universidade de Pequim publicado nesta sexta-feira na revista "Science" revelou detalhes dessa suposta grande inundação que teria ocorrido no ano 1.920 a.C. provocada por um terremoto que levou o Rio Amarelo a formar uma barragem em Jishi.
Essa barragem cedeu e subsequente inundação ao longo do planalto tibetano foi catastrófica, pois o nível de água subiu uns 38 metros, o fenômeno durou entre seis e nove meses e se estendeu ao longo de 2 mil quilômetros Rio Amarelo abaixo.
Os pesquisadores situaram essa catástrofe por volta de 1920 a.C. após analisar diferentes mostras de sedimentos e os esqueletos de crianças que teriam morrido no terremoto.
Segundo os autores do estudo, liderados pelo professor Wu Qinglong, foi uma das maiores inundações ocorridas nos últimos 10 mil anos.
Ampliar


Vila chinesa da dinastia Ming parece intocada pelo tempo9 fotos

2 / 9
Vista da antiga vila de Daliangjiang no condado de Jingxing, província de Hebei, no norte da China. A vila possui mais de 3.000 casas e 162 pátios residenciais construídos durante a dinastia Ming (1368-1644) e Qing (1644-1911), que foram preservadosImagem: Zhu Xudong/Xinhua


fonte: http://noticias.uol.com.br/ciencia/ultimas-noticias/efe/2016/08/05/cientistas-acham-provas-de-inundacao-que-teria-iniciado-civilizacao-chinesa.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário